Fhemeron reforça pedido à população para manter estoque de sangue em Rondônia
13/07/2022 10:33 em Saúde

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia – Fhemeron, e hemorredes pedem apoio da população para manter o estoque de bolsas de sangue em Rondônia. De acordo com a gerente de captação de doadores, Maria Luiza Pereira, até o momento do mês de julho a quantidade  de doações por dia tem sido pequena, o que causa preocupação.

“Temos capacidade para atender cerca de 100 doadores por dia, mas se vierem uma média de 60, já conseguimos manter o estoque. O problema é que nesses primeiros dias de julho, o número de doadores tem sido pequeno, chegamos a atender apenas 13 pessoas em um dia, o que nunca tinha acontecido antes”, enfatizou a gerente de captação.

Maria Luiza reforça que para doar sangue, as pessoas precisam estar saudáveis. Quem contraiu a covid-19, pode doar após 10 dias, já restabelecida, sem apresentar nenhuma sequela. Aqueles que se vacinaram contra a covid-19, podem doar sangue, sete dias após terem recebido qualquer dose de imunizante (1ª, 2ª, 3ª ou 4ª).

“Muitas pessoas estão vindo doar sangue apresentando ainda alguns sintomas gripais ou outras doenças e infelizmente ficam inaptas por um período. Pedimos que os doadores venham saudáveis e que respeitem o período de intervalo para doação”, orienta a gerente de captação da Fhemeron.

Apesar do baixo estoque de bolsas de sangue em todo o Estado, o trabalho desenvolvido pela Hemorrede Estadual, composta pelos Hemocentros Regionais de Vilhena, Cacoal, Rolim de Moura, Ji-Paraná, Ariquemes e Porto Velho, não tem permitido o estoque zerar. “Estamos entrando em contato com o doadores frequentes, fazendo o convite para que eles venham doar. Não podemos deixar de atender os pacientes que estão em tratamento, hemodiálise ou precisam passar por cirurgias, por exemplo. Também estamos intensificando as coletas externas, principalmente na Capital”, explica.

TRAÇO FALCIFORME

A Fhemeron convoca também doadores com traço falciforme – pessoas que herdaram geneticamente dos pais a homoglobina (S), são saudáveis e levam uma vida normal, mas que o sangue não pode ser doado para determinados pacientes, como: recém-nascidos, pessoas que estejam recebendo tratamento na Unidade de Terapia Intensiva – UTI e pacientes de hemodiálise.

A médica hematologista Ana Carolina de Melo, explica que a Fhemeron está fazendo a análise e separação do sangue de doadores com traço falciforme para destinação correta. “Precisamos deixar claro que a doação neste caso é seguro tanto para o doador quanto para quem irá receber o sangue. Até 2020, esse trabalho não era feito, por isso que as doações de quem tinha o traço falciforme foram suspensas. Agora, fazemos essa investigação aqui mesmo e o sangue é destinado para os pacientes certos. Essas bolsas de sangue fazem a diferença para quem precisa”.

AJUDAR O PRÓXIMO

Doador de sangue há mais de 15 anos, Airton da Silva Nascimento Junior é bombeiro militar e sempre que pode atende ao chamado da equipe da Fhemeron para realizar doação. “Quando o estoque está mais baixo, eles me acionam e eu venho. Tenho muita satisfação em doar sangue. A minha profissão já fala muito sobre ajudar o próximo e doar sangue é mais um ato onde eu exercito isso. Sempre participo de campanhas para incentivar outras pessoas a doarem também”, ressalta.

Airton Junior sempre que pode atende o chamado para doar sangue

Airton destaca ainda o atendimento realizado pela equipe da Fhemeron de Porto Velho. “As técnicas e enfermeiras são sempre muito atenciosas, tem a “mão boa” na hora do procedimento. Por isso, não precisa ter medo, pode ficar tranquilo”.

Para contribuir com o estoque e doar sangue, os critérios são:

✓ Estar em bom estado de saúde;
✓ ter entre 16 e 69 anos;
✓ pesar no mínimo 50 quilos;
✓ estar descansado(a) e alimentado(a);
✓ pós-vacinação contra a gripe: esperar 48 horas;
✓pós-vacinação contra a covid-19: caso tenha recebido a CoronaVac, esperar 48 horas. Para as demais vacinas (Pfizer e AstraZeneca), aguardar sete dias, e
✓ pós-covid-19, somente após a recuperação clínica completa.

A Fhemeron funciona de segunda a sexta-feira, das 7h15 às 18h, e sábado das 7h15 às 12h.

 

 

 

Fonte: SECOM

by Antonio Maia  - site

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE