COREN-RO E DEPARTAMENTO FARMACÊUTICO DA SEMUSA DISCUTEM REGRAS PARA PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS POR ENFERMEIROS
27/06/2024 12:27 em Saúde

COREN-RO E DEPARTAMENTO FARMACÊUTICO DA SEMUSA DISCUTEM REGRAS PARA PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS POR ENFERMEIROS

 

Na tarde de quarta-feira (26), Josué Sicsú, presidente do Coren-RO e Taciana Holtz, secretária-geral do orgão, reuniram-se com os farmacêuticos Lígia Arruda e Jackson Breda, do Departamento de Assistência Farmacêutica (DAF), da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho (Semusa).

 

A pauta principal da reunião foi a necessidade de estabelecer um protocolo de atendimento para a prescrição de medicamentos por enfermeiros, uma competência assegurada pela Lei do Exercício Profissional da Enfermagem.

 

A prescrição de medicamentos e exames laboratoriais pelos enfermeiros é um direito garantido, no entanto, deve ser realizada em conformidade com os programas de saúde pública e as rotinas aprovadas pelas instituições de saúde. Esses protocolos precisam seguir as diretrizes estabelecidas pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), garantindo que a prática esteja alinhada com as normas e regulamentações vigentes.

 

"É fundamental que os enfermeiros tenham um protocolo bem definido para a prescrição de medicamentos e exames laboratoriais. Isso não só garante a conformidade com a legislação, mas também promove um atendimento mais seguro e eficiente para a população", afirmou Sicsú.

 

A reunião destacou a importância de padronizar e formalizar os processos para que os enfermeiros possam exercer plenamente suas competências, contribuindo para um atendimento mais eficaz e seguro à população. A colaboração entre o DAF/Semusa e o Coren-RO é fundamental para assegurar que os protocolos estejam atualizados e em conformidade com as melhores práticas da área da saúde.

 

"A padronização dos protocolos de prescrição de medicamentos por enfermeiros é essencial para garantir a segurança e eficácia no atendimento aos pacientes. Nossa parceria com o Coren-RO visa fortalecer essa prática", frisou a diretora do DAF, Lígia Arruda.

 

Fonte: Ascom / Coren-RO

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!